Agricultor é morto com tiro na cabeça um dia antes do aniversário

O trabalhador completaria 50 anos nesta quinta-feira (20)

Agricultor é morto com tiro na cabeça um dia antes do aniversário

Divulgação

No WhatsApp do JR tem notícia toda hora! Clique aqui para acessar.

Nesta quarta-feira (19), a comunidade de São Sebastião da Barra, no interior de São José do Cerrito, na Serra Catarinense, foi abalada por um crime violento. O agricultor Valmir José de Lima, conhecido como Juca, de 49 anos, foi morto com um tiro na cabeça, e sua casa foi incendiada.

O filho de Juca relatou que estava com o pai no sítio na manhã do incidente. O filho foi para o campo cuidar dos animais enquanto Juca pegou o trator para ir ao centro da cidade resolver assuntos relacionados à propriedade. Pouco depois, o filho ouviu barulhos estranhos e viu fumaça saindo da casa.

Ao correr para a residência, encontrou-a em chamas. Ele correu para buscar ajuda no sítio mais próximo e, nesse intervalo, recebeu a notícia de que seu pai havia sido encontrado morto na estrada, sobre o trator, a três quilômetros de distância, com um tiro no rosto.

Segundo o filho, Juca era um homem pacífico e ele não consegue imaginar o motivo do crime. A Polícia Militar foi chamada ao local e ouviu testemunhas para auxiliar nas investigações, que continuarão nos próximos dias.

O corpo de Juca foi velado na Capela Cerrito e sepultado nesta quinta-feira (20), data em que completaria 50 anos.