Homem é atropelado pelo cunhado ao defender irmã de 14 anos de agressões, em Itajaí

A vítima está em coma no Hospital Marieta Konder Bornhausen

Homem é atropelado pelo cunhado ao defender irmã de 14 anos de agressões, em Itajaí

DIVULGAÇÃO

No WhatsApp do JR tem notícia toda hora! Clique aqui para acessar.

Na noite de segunda-feira (29), em Itajaí, Santa Catarina, um conflito familiar ocorreu no bairro da Murta, quando um homem foi atropelado intencionalmente por seu cunhado, conforme registrado por câmeras de segurança. O caso aconteceu por volta das 19h30 e resultou em ferimentos sérios para a vítima, Josia Melo Barbosa, de 32 anos.

Segundo informações da Polícia Militar e relatos de testemunhas, o atropelamento foi após um conflito entre Josia e seu cunhado. Na ocasião do atropelamento, Josia tinha ido até a residência do autor para confrontá-lo sobre as agressões contra sua irmã, que morava com o autor.

O veículo envolvido, um Gol, foi conduzido pelo cunhado em alta velocidade contra Josia, que caminhava pela rua. O impacto foi tão forte que, além de causar ferimentos graves, incluindo traumatismo craniano e fraturas, levou a um apagão no bairro. A vítima foi rapidamente socorrida e levada ao Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, onde permanece em coma.

Após ocorrido, a jovem de 14 anos, irmã da vítima e parceira do autor, gravou um vídeo contestando as acusações contra seu companheiro, alegando que as narrativas da família sobre as agressões não são verdadeiras. No entanto, a família de Josia afirma que ele agiu em defesa da irmã após episódios de violência doméstica.

A Polícia Militar e equipes do SAMU atenderam rapidamente à ocorrência, e a investigação está em andamento para esclarecer todos os detalhes desse caso.