Polícia Federal apreende lancha de luxo em operação contra pirâmide milionária em Itajaí

O grupo criminoso é acusado de ter captado 4,8 milhões de reais

Polícia Federal apreende lancha de luxo em operação contra pirâmide milionária em Itajaí

DIVULGAÇÃO

Receba notícias pelo WhatsApp gratuitamente! Clique no link e salve o contato do administrador.

Na tarde desta terça-feira (14), a Polícia Federal apreendeu uma lancha em Itajaí, no Litoral Norte catarinense, de propriedade de um dos envolvidos em um esquema de pirâmide financeira.

A operação Navarco cumpriu mandados de busca e apreensão, além de apreender mídias e documentos, com o objetivo de arrecadar provas dos crimes.

O grupo criminoso é acusado de ter captado 4,8 milhões de reais por meio de um esquema de pirâmide entre 2019 e 2021, prometendo rendimentos atrativos às vítimas. Ao menos 45 pessoas caíram no golpe, a maioria residente de Balneário Camboriú.

O principal suspeito teve sua locomoção restringida pela Justiça, além de bloqueios patrimoniais de seu núcleo familiar e empresas. Três pessoas foram indiciadas por crimes contra o sistema financeiro nacional, associação criminosa, estelionato e lavagem de dinheiro.

A operação Navarco faz referência ao principal envolvido, que ostenta uma vida de luxo em viagens, carros, barcos e helicóptero nas redes sociais. A apreensão da lancha e dos documentos pode ser crucial para a condenação dos envolvidos no esquema de pirâmide financeira.